sexta-feira, 27 de julho de 2018

Prefeito Guiga entrega novos veículos em Vicência

Vereador é morto a tiros em Carpina



O vereador de Carpina Cosme Alves da Silva, conhecido como Nicó do Cimento, eleito pelo Partido da República (PR), foi morto a tiros no município, na manhã desta sexta-feira (27). De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu por volta das 10h e foi cometido por dois homens em uma moto, no momento em que ele estava numa associação de moradores na cidade.

A vítima, de 44 anos, chegou a ser levada para uma unidade de saúde de Carpina, mas não resistiu aos ferimentos. A PM fez buscas, mas não encontrou ninguém após o crime. Segundo a corporação, o vereador não foi assaltado e há suspeitas de que o crime tenha sido encomendado.

Uma equipe da Polícia Civil seguiu para o local e iniciou as investigações. A corporação, no entanto, informou que só vai se pronunciar quando tiver informações consolidadas. O caso fica sob responsabilidade da delegada Barbara Fort.

Nota
Por meio de nota, o prefeito de Carpina, Manuel Botafogo, informou que está à disposição da família do vereador Cosme Alves da Silva para prestar toda a ajuda.

A gestão municipal também disse que decretou luto oficial de cinco dias. "Diante deste momento de dor, a prefeitura se solidariza e espera que a luz e o amor de Deus confortem o coração da família e amigos", diz o texto.

Por meio de nota, o presidente da Câmara de Vereadores de Carpina, Severino Ferreira de Souza (PDT) lamentou o falecimento do vereador e disse ter recebido a notícia "com profunda tristeza". "Nicó foi um servidor do povo, sobretudo a população carente da nossa cidade, com a criação da Associação que mantinha e das pautas do seu mandato. Certamente deixou seu nome na história de Carpina, Umbuzeiro e por onde passou", afirmou.
G1PE

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Policiais frustram roubo ao Banco do Brasil de Aliança

Foto: Marília Martinele 

Um bando tentou roubar a agência do Banco do Brasil localizada na praça Walfredo Pessoa, no Centro de Aliança, na madrugada desta quarta-feira (25). Segundo informações do 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM), os suspeitos estavam em três carros pretos e trocaram tiros com policiais quando foram flagrados.

O grupo fugiu e deixou grampos na pista para dificultar a perseguição. Ninguém ficou ferido, nenhum suspeito foi preso e nenhuma quantia foi levada do banco. A agência não funciona nesta quarta.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, esta foi a 117ª ocorrência contra agências bancárias no Estado somente este ano. Ao todo, já são 45 explosões, 35 arrombamentos, 23 assaltos, 11 estelionatos, dois sequestros e uma invasão. Deste total, foram 51 casos no Agreste, 28 no Sertão, 26 na Região Metropolitana do Recife e 12 na Zona da Mata.

Madrugada

Os policiais faziam rondas na região quando, por volta das 3h, localizaram o grupo, que ainda não tinha alcançado o cofre. Os criminosos haviam quebrado a porta de vidro da entrada e outra que dá acesso ao cofre. Antes de fugir, deixaram material explosivo não detonado na agência.

A agência foi isolada e o Batalhão de Operações Especiais (Bope), acionado para desativar os explosivos. O Instituto de Criminalística se dirigiu ao local para realizar as perícias. Com informações da Folha de Pernambuco. 

Milton Coelho é investigado por suspeita de desvio de dinheiro público


Matéria publicada pelo Blog "Ronda JC", que pode ser acessada AQUI e assinada pelo repórter Raphael Guerra revela que o ex-secretário de Administração do Governo Paulo Câmara, Milton Coelho, que se desligou do cargo para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, é investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Administração Pública e Serviços Públicos ( DECASP) pelo crime de Peculato. De acordo com o art. 312, do Código Penal, comete peculato o funcionário público que se apropria de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio. Também comete peculato aquele servidor público que embora não tendo a posse do dinheiro, valor ou bem, o subtrai, ou concorre para que seja subtraído, em proveito próprio ou alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona a qualidade de funcionário.

Ainda segundo o Ronda JC, Milton Coelho, que foi vice-prefeito do Recife na chapa petista comandada por João da Costa a quem substituiu por quatro meses quando o ex-prefeito teve que se licenciar por problemas de saúde, começou a ser investigado no início deste ano pela Delegada Patrícia Domingos, Titular da DECASP, que teria solicitado autorização ao TJPE para investigar o então Secretário, que à época ainda detinha prerrogativa de foro, o chamado "foro privilegiado". Antes da autorização ser deferida pelo TJPE, Milton Coelho deixou o cargo de secretário e perdeu o foro privilegiado. O Ministério Público de Pernambuco, inclusive, já teria dado parecer favorável às investigações contra o ex-presidente do PSB de Pernambuco.

O Ronda JC teria obtido, por telefone, confirmação da delegada Patrícia Domingos sobre a existência do Inquérito, entretanto, a titular da DECASP não deu detalhes sobre a investigação que estaria "sob sigilo"

A pena para o crime de peculato é de reclusão e varia entre dois e doze anos acrescida de multa.

Não é a primeira vez que o ex-presidente do PSB tem seu nome envolvido em investigações criminais. Em 2006, o ex-vice-prefeito do Recife teve gravações divulgadas por um militante do PSB de nome Saulo Batista que o acusava de tráfico de influência junto a órgãos federais em troca de recursos para sua própria campanha e para a campanha de Eduardo Campos ao governo de Pernambuco. O episódio ficou conhecido como "Escândalo da Sacolinha" porque segundo o denunciante, os recursos eram repassados a Coelho dentro de uma sacolinha em um dos shoppings da Capital pernambucana. Apesar das gravações, Milton Coelho acabou inocentado pelo TRE de Pernambuco das acusações de crime eleitoral. Por ocasião do julgamento, o TRE/PE chegou a encaminhar o caso ao Ministério Público de Pernambuco para que aprofundasse as investigações (Leia http://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/2007/12/18/milton-coelho-e-inocentado-no-caso-da-sacolinha/)

Matéria publicada no G1 revelou que o então presidente regional do PSB e integrante de sua Executiva Nacional chegou a pedir afastamento dos cargos exercidos no seu Partido em razão da denúncia dando conta de "envolvimento seu na tentativa de articulação de um suposto esquema de desvio de recursos públicos no valor de R$ 1 milhão para financiamento da sua campanha."

A denúncia, diz o G1, "foi feita pelo ex-militante estudantil Paulo Batista da Silva, de 25 anos, que prometeu entregar nesta segunda, ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público Eleitoral do Estado, gravações de conversas suas com Milton Coelho e com a mulher dele, Simone Coelho. As fitas revelariam a intenção de recebimento de propina em troca de gestão do PSB para aprovação, junto a Petrobras, de um projeto da empresa paulista Conceito Consultoria em Eventos Ltda., de instalação de uma pista de kart no gelo durante o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Orçado inicialmente em R$ 4,5 milhões, o projeto seria superfaturado para R$ 5,5 milhões."

Saulo Batista, que representava a empresa afirmava que o projeto já havia sido apresentado à Petrobras, que não demonstrou interesse. Orientado a buscar apoio político ao projeto, diz o G1, Saulo Batista procurou o PSB pernambucano, através de um amigo ligado à legenda, que o apresentou a integrantes do partido.

Ainda de acordo com o G1, depois dos primeiros contatos, Saulo Barista teria passado "a gravar as conversas, ao perceber que os socialistas queriam dinheiro para a campanha. Numa das conversas, Simone Coelho teria pedido R$ 1 milhão. Metade do valor seria adiantado - R$ 350 mil como contribuição legal à campanha do marido e R$ 150 mil por fora, sem recibo, em espécie. Os outros R$ 500 mil seriam pagos depois da aprovação do projeto."

COMO SURGIU A EXPRESSÃO "ESCÂNDALO DA SACOLINHA"

Nas gravações, segundo o G1, "Milton Coelho diz como seria feito o pagamento dos R$ 150 mil em espécie. 'A gente vai fazer assim: você leva uma sacolinha e eu levo uma sacolinha. Aí a gente senta, toma um café, demoramos 10, 15 minutos e na hora de ir embora eu pego a sua sacolinha e você pega a minha'. A gravação teria sido colocada no ar pelo jornalista César Rocha, no "Blog do JC", a quem Saulo Batista teria entregado cópias de duas fitas"

Nas gravações, segundo o G1, Milton Coelho teria explicado que não era fácil conseguir o patrocínio da Petrobras, porque 'o PT é quem manda ali'." Em sua defesa, Milton Coelho acusou opositores de fazerem uma "armação" e "extorsão frustrada" e ainda chamou seu acusador de "um maltrapilho, um louco".

Mais recentemente, outras gravações, também feitas por empresário que mantinha contratos com o Governo de Pernambuco revelaram a participação de Milton Coelho no episódio envolvendo o Banco do Nordeste, a Odebrecht e as empresas responsáveis pela PPP do Presídio de Itaquitinga, que naufragou apesar de empréstimos milionários sacados junto ao BNB, mesmo sem a conclusão das obras. Parte do presídio foi repassada ao Governo Federal, recentemente, em razão da incapacidade do Governo de Pernambuco concluir o projeto. Nas gravações, Milton Coelho aparece afirmando que a PPP de Itaquitinga era "um negócio já afundado".

Informações do Blog da Noelia Brito

terça-feira, 24 de julho de 2018

A responsabilidade do cidadão na próxima eleição


Já houve uma época em que o nosso País era muito bom de viver. Com todas as instituições em pleno funcionamento, respeitando a funcionalidade do Executivo, Legislativo e Judiciário, numa extraordinária democracia com a governabilidade, administrando harmoniosamente, sem o desmantelo geral que, hoje, infelizmente, toma conta do Brasil.

Sabíamos e respeitávamos o que a Constituição estabelecia. Trazendo assim, para todos os brasileiros, uma certa tranquilidade de que estávamos no caminho do desenvolvimento e evidentemente do crescimento da Nação.

Sabiam que já fomos considerados o sétimo país do mundo em desenvolvimento? Hoje, com toda sinceridade, nem sei em que colocação está a nossa Nação.

Todos os ministros desta época, num total de doze, no máximo, ficavam na administração do governo federal até o último dia do mandato presidencial. Com um detalhe: sabíamos os nomes de todos e respeitávamos os seus trabalhos. Também da mesma maneira era nos governos estaduais e municipais. Hoje, é difícil sabermos o nome dos atuais administradores das máquinas governamentais por conta de tantos troca-trocas.

Será que poderemos resgatar tudo isso que acabo de descrever? Creio que sim, apesar das péssimas informações que as mídias nos transmitem, como por exemplo, o presidente do IBOPE que faz pesquisas eleitorais desde 1971, afirmou: “a população está enojada com a política. Nunca vi eleitores tão frios e desmotivados”. “A população está decretando por conta própria o fim do voto obrigatório”. Muito preocupantes essas e muitas outras notícias a respeito das eleições de 2018.

Se cada um de nós eleitores brasileiros tivermos, nas próximas eleições de outubro, um pouco mais da responsabilidade de cidadão, de confiarmos que votando certo votando sem a tal das efervescências momentâneas, coisa natural do ser humano, sem o tal de votar no candidato “amigo” pois, “ele vai me ajudar”, podemos fazer bem diferente dos últimos quinze anos de total desgoverno e trazer o Brasil de volta para todos os brasileiros. Tenho certeza!

Vamos votar e renovar com a nossa consciência!

Por Rogério Mota

PSDB reafirma continua na frente das Oposições


Nota oficial

Tendo em vista as declarações do senador Armando Monteiro Neto (PTB), de garantir em Pernambuco palanque para Geraldo Alckmin (PSDB), consideramos os episódios recentes superados.

Vamos seguir trabalhando para apresentar as melhores propostas e caminhos aos pernambucanos.

Bruno Araújo, presidente Estadual do PSDB

Padres são rendidos e assaltados em Itambé


Dois padres foram assaltados na tarde desta segunda-feira (23) no município de Itambé. O fato ocorreu em Desterro, comunidade que se prepara para uma grande festa religiosa, que é a Festa de Nossa Senhora do Desterro.

As vítimas Genilson Souza e Cleiton Barbosa, que são padres, seguiam em um veículo quando decidiram desembarcar do carro para tirar fotos, momento em que três homens ocupando duas motocicletas renderam os religiosos. O trio subtraiu das vítimas o veículo, celulares, dinheiro, entre outros pertences. 

Ao perceberem que os bandidos já haviam fugido, os padres buscaram por ajuda, foi quando um motorista de um veículo que presta serviços a Celpe ajudou os religiosos a chegarem na delegacia.

O veículo, pertencente ao padre Genilson Souza, foi encontrado duas horas após o assalto em uma estrada de difícil acesso no mesmo município. 

Informações de Rafael Santos, Giro Mata Norte.

Entrevista exclusiva com o deputado federal Daniel Coelho (PPS)

Inelegível: Ex-prefeito de Vicência entra na lista do Ficha Suja


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TER-PE) disponibilizou através de seu portal, uma relação elaborada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) de gestores públicos que tiveram suas contas rejeitadas pelo órgão.

Na lista consta o nome do ex-prefeito de Vicência, Paulo Tadeu (PSB), através de contas rejeitadas referente ao ano de 2012, do VicênciaPrevi. Com isso, o ex-gestor do município está inelegível, segundo a Lei do Ficha Limpa, por 8 anos.

A Lei das Eleições indica que, antes de cada pleito os TCEs e o Tribunal de Contas da União (TCU) devem tornar disponíveis à Justiça Eleitoral a relação dos responsáveis que tiveram contas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível daquelas Cortes.

A partir da divulgação da relação feita pelo TCE-PE, coligações, candidatos ou partidos políticos podem utilizar as informações para impugnar, mediante petição fundamentada, o pedido de registro de candidatura de possíveis concorrentes, obedecendo os prazos e requisitos.

- ELEIÇÕES 2018

Segundo informações dos bastidores, o ex-prefeito Paulo Tadeu acabou de fechar um acordo para apoiar o pré-candidato a deputado federal Milton Coelho (PSB), fazendo uma dobradinha com o estadual José Humberto (PTB).

Confira a lista completa: Click Aqui 

sábado, 21 de julho de 2018

PSDB rompe com Armando Monteiro


O PSDB ficou insatisfeito com a condução do senador Armando Monteiro para a composição da chapa majoritária. O movimento realizado pelo petebista, que não teria se entusiasmado com a escolha de Bruno Araújo para a vaga de senador na chapa, dentre outros motivos, foi o estopim para que o PSDB optasse por deixar a coligação liderada por Armando Monteiro.

Ainda não se sabe se o PSDB lançará candidatura própria, mas como não tem diálogo com o PSB nem com o PT, é provável que Bruno Araújo dispute o governo de Pernambuco, ou não. O anúncio sobre a decisão tucana deverá ocorrer a qualquer momento. Em se confirmando este desfecho, Armando perde o principal partido da sua coligação. Informações do Blog do Edmar.