ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

quarta-feira, 24 de maio de 2017

III Fórum Municipal do EJA é realizado em Vicência



A educação de jovens e adultos é um grande desafio para os professores que enfrentam diariamente as dificuldades apontadas por estudantes que não conseguiram concluir os estudos na idade correta e que, enfrentam diversos tipos de obstáculos para chegar a uma sala de aula depois de adultos. Porém, maior que isso, é a grande evasão que ocorre todos os dias nas escolas municipais e estaduais. A causa, infelizmente não pode ser banida de uma hora para outra. Contudo, é possível discutir questões que, amenizem a situação e propicie as pessoas não alfabetizadas, a oportunidade de ingressar em uma sala de aula, aprender as questões da sociedade e conquistar seu espaço no mundo de forma mais atrativa.

Com base nisso, a Prefeitura de Vicência através da Secretaria de Educação e Esportes, realizou nesta terça-feira (23), o III Fórum Municipal EJA, com professores municipais, representantes do ensino médio, técnicas especializadas no ensino de adultos e a gestora regional da GRE, Edvânia Arcanjo. O encontro aconteceu na Escola Juvenato Padre Guedes, e seguiu a temática dos desafios e possibilidades no contexto atual, político, social e econômico.

O grande desafio no ensino de jovens e adultos no município é o combate à evasão nas escolas. Assim sendo, propostas que visam melhorar o ensino e atender as necessidades dos alunos, ofertando cursos, palestras, exposições culturais e um calendário letivo que se adeque as necessidades mostradas pela maioria, foram debatidas, avaliadas e aprovadas. Em seguida, as propostas serão encaminhadas para o fórum regional onde mais uma vez serão analisadas, antes de serem aplicadas à metodologia e inseridas em sala de aula.

O objetivo é, também, o cumprimento das metas asseguradas pela lei, contidas no plano municipal de ensino. Porém, para atingir essa meta é necessário saber o quantitativo de pessoas que ainda não são alfabetizadas e levá-las para o processo de alfabetização e conclusão do ensino. Para chegar a esses dados com mais eficiência e rapidez, foi realizada uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, visando o engajamento dos Agentes Comunitários que vão de casa em casa colher essas informações. Viabilizando recursos e estratégias na realização de exames oftalmológicos e consultas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário