ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Em visita do Cônsul italiano, Guiga anuncia o ‘ganhe o mundo’ municipal



Ao som do frevo tocado pela orquestra XV de Novembro, o novo Cônsul da Itália na circunscrição Recife, Gabor De Zagon, foi recebido na manhã desta quinta-feira (11), na sede do Centro de Línguas Modernas em Vicência. Acompanhado de sua esposa e equipe, Zagon, foi apresentado à cultura local com a apresentação do maracatu Estrela da Jacy. 

O coral Bambini di Vicência, também se apresentou e encantou a todos. Em seguida, cantando a canção ‘volare’ dedicada às autoridades italianas, a aluna Ana Paula recebeu reforço do público, que em sua maioria era composto por alunos dos cursos de italiano em Vicência e em São Vicente Férrer. O coro ecoou e abrilhantou ainda mais o momento.

Segundo Gabor, as crianças terão mais portas abertas ao aprender o idioma italiano. Pois, há muitos setores econômicos e culturais em que o italiano é o idioma mais falado no mundo, mais até que o inglês. Cabe a cada um se dedicar e aproveitar as oportunidades. 

Realizado pela prefeitura de Vicência, juntamente com a Secretaria de Educação e Esportes do município, em parceria com o Centro de Línguas, a recepção ao consulado italiano contou com a presença do prefeito Guiga Nunes, da secretária de educação e esportes, Eliane Silveira, do secretário de assistência social, Humberto Santana, representantes da Cultura Italiana Dante Alighieri – Recife e dos fundadores do Centro de Línguas, José Francisco de Mello, Berenilda. Também estiveram presentes os vereadores: Professor Sandrão, Moiseis da Usina e Gerson Neinho.

Em sua fala, o prefeito Guiga Nunes anunciou que, irá elaborar um projeto de lei e encaminhar à câmara de vereadores para que aprove a ida anual de dois alunos da rede municipal de ensino à Itália. Sendo aprovado o projeto, Vicência será a cidade pioneira no envio de alunos de escolas municipais para outro país. “A gente tem que fazer diferente, fazer parcerias. Aprender outras culturas e aprimorar a nossa também. Dessa forma mostrar o que a gente tem de melhor para os italianos e, também, aprender muito com eles. É tempo de fazer acontecer”, disse Guiga.

Em crescente demanda, o Centro de Línguas em Vicência acolhe mais de 400 alunos. A língua italiana é ensinada as crianças, jovens e adultos por professores formados no próprio espaço. As línguas: espanhola e inglesa, também fazem parte da grade de ensino. Dessa forma, os laços culturais são cada vez mais estreitados e fortalecidos entre o município de Vicência e outros países. Especialmente entre a Itália.

Após a recepção as autoridades locais e internacionais seguiram em comitiva até os engenhos Água Doce e Poço Comprido. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário