ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Romeu do Povo denuncia rombo de cerca de R$ 3 milhões no Vicência Previ

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Vicência, Romeu do Povo (PP), denunciou durante seu discurso na reunião dos vereadores na tarde desta terça-feira (18), um rombo de cerca de R$ 3 milhões de reais no Vicência Previ. Segundo o parlamentar a Prefeitura está descontando dos funcionários e não está repassando para o fundo de previdência.

Ainda em sua fala, o fato foi repassado pelo próprio presidente do Vicência Previ, Adilson Carlos. Com esse déficit há riscos de faltar dinheiro para o pagamentos dos aposentados nos próximos meses.

Ninguém da Prefeitura Municipal se pronunciou sobre a denuncia até o momento.  

Um comentário:

  1. Primeiramente quero agradecer aos comentários de pessoas que me conhecem há muitos anos, que jamais dedicaram um segundo de seu tempo a parabenizar pelo trabalho que realizamos tirando o VICENCIAPREVI de uma situação extremamente difícil e hoje é uma referência em Previdência, onda nunca atrasamos um dia sequer no pagamento dos aposentados, apesar de todas as dificuldades nesses anos. O Vereador Romeu já sabia que estávamos tendo atraso nos repasses pela Prefeitura, no final de agosto falou comigo e tinha dito que a Prefeitura tinha deixado de repassar até aquele momento quase dois milhões e tinha repassado mais de três milhões. Em todas as gestões que passaram em Vicência, desde que o VICENCIAPREVI foi criado em 2001, tiveram atrasos nos repasses pele Prefeitura, Romeu foi ético e deixou passar a eleição para se pronunciar. Mais uma vez perguntou e respondi que atualmente estava em dois milhões e meio e que já pagamos de folha até agora mais de seis milhões de reais, sendo uma das pouquíssimas cidades que já adiantou metade do 13° em julho. Para muitos pode parecer estranho, mas a crise atingiu todos os municípios, tem cidade onde os aposentados não recebem há mais de oito meses. Juntamente com nossos Conselheiros convidamos todos os candidatos a Prefeito em setembro e todos se comprometeram assinando um termo justamente para, entre outras coisas, não mais atrasar os repasses para o VICENCIAPREVI (está no site do vicenciaprevi em notícias), pois os repasses dependem unicamente do Prefeito. O Prefeito eleito Guiga, teve a ética e a maturidade, quando falou-se a respeito do atraso de repasse que existia pela Prefeitura, que isso o Prefeito eleito tinha que enfrentar e que não interessava a ele naquele momento, se comprometendo junto com os outros candidatos a na atitude louvável de não usar o VICENCIAPREVI em palanque. Mensalmente enviamos ofícios para o Prefeito, Banco do Brasil e o Tribunal de Contas de Pernambuco, cobrando os valores que não são repassados, que é o que me cabe juntamento com nossos Conselheiros. Confio plenamente que o Prefeito Dr. Paulo vai honrar seus compromissos com o VICENCIAPREVI, como sempre fez apesar das crises, garantindo o pagamento de todos os aposentados. Sou concursado do Estado, do Município e tenho a Informática há 20 anos, nunca comprei nada de valor à vista, mas financiado ou parcelado tenho sempre ter tido minhas coisas, graças a Deus e ao meu trabalho, não devo satisfação a ninguém, mas infelizmente vivemos numa cidade de algumas pessoas de mente pequena para lutar e gigante para olhar a e inventar sobre a vida alheia. Tenho minha família que infelizmente se expõe aos comentário maliciosos, daqueles que agem apenas pelo ódio, pelo momento, mas creio firmemente numa justiça superior e que dará a cada um a sua resposta. Sempre adotamos junto com nossos conselheiros todas as medidas que a Lei permite e fiquem tranquilo aposentados que na pior das hipóteses o pagamento pode até atrasar alguns dias, pois não sabemos como serão os repasses nesse final de ano, essa estória de que não terá pagamento mais esse ano é balela, fiquem tranquilos. Deus é maior que as dificuldades, mas é na dificuldades que se conhece verdadeiramente as pessoas. Fiquem na paz.

    ResponderExcluir