segunda-feira, 16 de março de 2015

Prorrogado prazo para troca de extintor veicular

Foi prorrogada, pela segunda vez, a obrigatoriedade dos extintores modelo ABC pelo Ministério das Cidades. O prazo final para os motoristas se readequarem era até o dia 1º de abril, no entanto, foi adiado por mais 90 dias. A medida da resolução n° 516/2015 foi estendida para o dia 1º de julho, motivada pela escassez do extintor no mercado. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicará uma nova resolução que revogará o último prazo.

A mudança visa garantir maior segurança aos condutores de veículos e possui uma durabilidade de cinco anos, enquanto que a validade do anterior era de apenas um ano. O pó especial, composto pela solução monofosfato de amônia, é capaz de combater princípios de incêndios em materiais sólidos, líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos.

Precisam aderir ao modelo, proprietários de carros fabricados até 2009. Os veículos fabricados a partir de 2010 já acompanham o novo formato de segurança. Quem não seguir as normas poderá levar multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira.

De acordo com o diretor da Extincêndio, Tony Cavalcanti, a demanda pelo extintor elevou em janeiro, quando ocorreu a última prorrogação. “Hoje, solicitamos de 10 a 15 mil peças, mas não falta produto na prateleira da loja”, completou. Um extintor de um quilo custa R$ 100 para o consumidor final. 

Com informações da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário