sábado, 11 de outubro de 2014

Polícia Civil apreende quase um milhão que seria usado no tráfico de drogas

A Polícia Civil apreendeu uma quantia em dinheiro de quase R$ 1 milhão em posse de dois homens em um estacionamento de um estabelecimento comercial no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. Foram presos  José Silvan de Melo, vulgo “Abençoado”, de 41 anos, e Marcelon Luiz da Silva, de 30 anos. Os dois foram presos por agentes da 1º Delegacia de Polícia de Repressão ao Narcotráfico, e, no momento da abordagem, Marcelon chegou a oferecer R$ 200 mil para não ser preso.

Com José Silvan foram encontrados aproximadamente R$ 810 mil além de 200 pesos bolivianos. Com Marcelon foi encontrado  cerca de R$ 130 mil. Na casa de Marcelon também foram encontrados fardamento e equipamentos militares, uma pistola de calibre 40 – roubada de um juiz além de munições.

Além desse material foi apreendido uma caminhonete Hillux e um automóvel do tipo Corolla. De acordo com o gestor do Denarc, Sérgio Ricardo,  a informação inicial era de que haveria uma entrega de drogas em um estabelecimento comercial no bairro da Tamarineira. Os acusados informaram que o dinheiro  era resultado da venda de cabeças de gado e de um terreno.

Segundo o gestor, as investigações  à princípio deram conta de que seria realizada uma o tráfico de de uma grande quantidade de drogas. “Estamos investigando se a droga viria da Bolívia, Peru ou Paraguai”, informou Sérgio Ricardo.

De acordo com a delegada Antonieta Calado, Marcelon responderá por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas corrupção ativa e porte ilegal de armamento restrito, enquanto José Silvan responderá por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil o dinheiro seria usado em uma grande negociação relacionada ao tráfico de drogas internacional. Está foi  a maior apreensão em dinheiro realizada pela Polícia Civil. 

Informações repassadas pela assessoria de imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário