ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

ANUNCIE LIGUE AGORA 81 9 9685-2843

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Opinião: Vicência já não é mais a mesma...


Outrora a maior preocupação da população vicenciana era não deixar as portas de casa abertas por causa do saudoso “Bai”. Naquela época, ninguém imaginaria que assaltos, latrocínios, arrombamentos e sequestros, virariam rotina em nosso cotidiano. Até um banco já explodiram por aqui!

Vicência já não é a mesma, o desenvolvimento das cidades grandes - tão prometido - não chegou, porém a violência antes apenas vista pela televisão, hoje, é vivida na pele, bate na porta e entra sem pedir licença nos lares vicencianos.  

Há quem diga que a culpa é exclusivamente da Polícia. Discordo em parte, é verdade que a polícia local perde muito tempo apenas parando motos e desligando sons. Entretanto, três ou quatro policiais - mal remunerados - de plantão em uma cidade de 30 mil habitantes, quatro distritos, vilas e comunidades rurais, não vão fazer nenhum milagre.

Cadê o famoso "Pacto pela Vida"? Lembro-me de inúmeras audiências públicas que ocorrem em Vicência para buscar soluções pra tanta violência. Lembro-me também, que em todas elas, a questão da falta de efetivo e a ausência de postos policiais nos distritos sempre foram lembrados como principais problemas, aos comandantes que por aqui passaram. E sabe o que foi feito de lá pra cá? Absolutamente, nada!

Essa tão sonhada solução parece ser mais óbvia, do que se imagina. Quatro postos policiais nos distritos, o aumento do efetivo, rondas constantes do GATI - não apenas para deter motos e desligar sons - e uma valorização da Guarda Municipal, se não resolvesse, ao menos amenizaria e muito a criminalidade no município. Será que isso é pedir muito aos nossos governantes?

Agora é se preparar para o que vêm pela frente, novos crimes, novos assaltos e uma enxurrada de políticos prometendo resolver todos os nossos problemas. 2014 chegou e 2016 vem aí... 


Nenhum comentário:

Postar um comentário